Teste de compatibilidade para casais

Dinheiro e Casamento
Entenda como você e seu (sua) cônjuge encaram a vida e lidam com as finanças.

O casamento é como a parceria entre as duas mãos de uma pessoa: elas formam um par perfeito, mas estão em lados opostos. Sozinha, uma mão não alcançará metade dos resultados que alcançaria com a ajuda da outra. Muitas tarefas são impossíveis de serem realizadas sem o trabalho conjunto das duas mãos.

Infelizmente, em qualquer relacionamento, é difícil alcançar o equilíbrio. De modo geral, no casamento, uma personalidade domina a outra e uma das partes pode ficar sobrecarregada. A falta de conhecimento em finanças no casamento já é bastante ruim, mas, combinada a pouca ou a nenhuma compreensão de seu estilo de personalidade e de como ele influencia sua vida conjugal, pode até ser desastrosa.

O primeiro passo é reconhecer que ser diferente não significa ser inferior. Deus nos deu diferentes dons e aptidões no casamento e é necessário que duas pessoas trabalhem em unidade para ter um lar bem-sucedido. Como os homens muitas vezes excluem suas esposas das decisões financeiras, um esforço deve ser feito por ambas as partes para que elas usem seus dons e aptidões como conselheiras. A honestidade entre os parceiros é uma necessidade absoluta. Quase todo mundo consegue lidar com uma situação se tiver conhecimento dela e fizer parte do planejamento.

Defina Objetivos Específicos:

Para se chegar a um bom relacionamento quanto às finanças em casa, os cônjuges devem, juntos, definir objetivos específicos. Claro que a primeira coisa deve ser resolver qualquer problema financeiro existente. Se o casal não fez isso anteriormente, deve planejar um fim de semana juntos (e sem a companhia de outras pessoas) para conversar sobre todos os aspectos das finanças familiares e chegar a alguns objetivos específicos. Lembre-se de que qualquer planejamento financeiro envolve duas pessoas, que buscam objetivos compatíveis que façam parte dos planos de Deus para suas vidas. Duas pessoas trabalhando como uma, com pensamentos em harmonia, encontrarão o plano de Deus.

"Eu amo os que me amam; os que me procuram me acham” (Provérbio 8.17).

Muitas vezes, será necessário um grau considerável de renúncia para definir os objetivos. Um dos dois pode estar mais preocupado em fazer doações; o outro, em comprar uma casa; um deles pode achar que um barco é uma necessidade básica. O mais importante é discernir o plano geral de Deus e adaptá-lo da melhor forma possível à situação.

Conclusão

Comunicação e planejamento são as chaves para o sucesso. É questão de determinar em que situação (financeira) vocês se encontram, de ter um plano que seja justo para ambos e de conversar sobre ele (periodicamente e com calma).

"Com toda a humildade e mansidão, com longanimidade, suportando-vos uns aos outros em amor" (Efésios 4.2).

Para descobrir mais sobre seu estilo único e como ele afeta seu relacionamento a dois, queremos convidá-lo a fazer nosso “Personality I.D.® - Teste de compatibilidade para casais”. Estamos ansiosos para ajudar você a compreender melhor seu próprio estilo e o de seu parceiro.

Antes de prosseguir com o teste, gostaríamos de passar as seguintes informações, que podem ser úteis para você. O perfil Personality I.D.® DISC permite que você descubra seu estilo de personalidade. Você pode usar as informações de seu relatório para melhorar a comunicação, fortalecer seu relacionamento, aperfeiçoar sua colaboração e construir um casamento e uma família mais sólidos. Como vocês estão fazendo o teste como casal, o Personality I.D.® fornecerá três relatórios diferentes: um relatório individual para cada um e um relatório comparativo, que trará o perfil de ambos. Os três relatórios oferecerão importantes informações, tais como:

Casais Ver Exemplo Relatórios
Crown – Seu Parceiro na Construção de Casamentos Sólidos

Registre-se para adquirir um Relatório de Casais

Preço por
casal:
39.95 USD
AnexoTamanho
PDF icon Relatório Individual do PID -Ann G-23Sep2014_11736.pdf371.67 KB
PDF icon Relatório Individual do PID -Bill R-23Sep2014_11734.pdf367.58 KB